Ocorreu um erro neste gadget

Páginas

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Bullying

Quem nunca sofreu o bullying ? de uma forma fisíca ou verbal ?
Muitas pessoas sofrem o bullying de diversas maneiras, nunca gostei de ver pessoas sofrendo e praticando o bullying, já aconteceu comigo reverti a situação. Se você não sofreu, aposto que já foi testemunha de um caso de bullying. Por isso hoje vou dar dicas de como evitar isso
? Pense que isso vai acabar. Você não vai se sentir tão humilhado assim pra sempre.
? Fique calmo. Os bullies (as pessoas que causam o mal-estar) adoram reações nervosas. Então, finja que não é com você.
? Não revide. Você vai piorar a situação. Lembre-se: o agressor é ele, não você.
? Evite ficar sozinho com o bullie. Tente ir pra escola (se esse for o caso) em horários diferentes desses agressores e, se puder, esteja sempre acompanhado.
? Procure estar com amigos. Os bullies preferem pessoas sozinhas para fazerem suas vítimas.
? Mostre-se confiante, não demonstre medo.
? Não ande com muito dinheiro ou objetos de valor.
? Conte a um adulto de confiança o que está acontecendo com você. Diga quem está fazendo isso e quem são as testemunhas. Relate onde e com que freqüência isso ocorre.
? Se o bullying ocorrer na escola e não parar após todas essas providências, peça para seus pais irem com você até lá e reclame formalmente com a direção.
? Se você sofrer alguma agressão física, procure uma delegacia de polícia e faça um boletim de ocorrência.
? E agora uma dica de quem sofreu de bullying por um ano inteiro na escola (aos 14), viu a direção da escola não dar a mínima importância, viveu um inferno, chorou todas as noites de ódio, entrou em depressão e teve seu aproveitamento escolar comprometido: fuja. Mude de escola, de turma, de curso… Eu mudei, depois de tentar todas as opções acima. Em hipótese alguma tente se vingar de modo violento… Você pode se arrepender… E depois aparecer nos noticiários como o maior criminoso e delinqüente do país.
espero que ajude
Beijunda**
post d: Gloka L.



Nenhum comentário:

Postar um comentário