Ocorreu um erro neste gadget

Páginas

sábado, 29 de janeiro de 2011

mãe é tudo...diferente!

Cada mãe tem um jeito de pensar, de agir e de se relacionar com a filha. E o segredo para viver bem é justamente tentar entender o que passa pela cabeça dela. Pode acreditar: não é tão difícil quanto parece...
Ela pode até ter opniões diferentes das suas., pegar no pé, dar uma de chata de vez em quando. Agora, responda sinceramente: qiantas vezes vocÊ já fez um esforço mínimo para ver o lado dela e dar uma avaliada nas brigas? Para ajudá-la nessa missão quase impossível, a Glokas pesquisou sobre diversas mães que não tem nada ver uma com a outra - e tbm sobre suas filhas que, como você também já acharam que nunca falariam a mesma língua de quem as colocou no mundo. E adivinha? Descobri [GLOKA] dicas incríveis que você pode usar em casa para ficar na boa com a "mami" , seja ela como for.
Mãe legal até demais
comoelaé :
fofa, carinhosa, engraçada, animada e adora suas amigas. Gosta de conversar sobre tudo, não tem frescura nem quando o assunto é sexo. O namorado da filha pode ir dormir em casa e, se ela estiver de bom humor, até no msm quarto . E não para po aí: curte o mesmo som que você, empresta blusinhas, adora uma baladinha adolescente. Tudo lindo, não fosse o fato de que você,às vezes, sente falta de um pouquinho de privacidade, de um tempo só com a galera, sem essa mãezona por perto.
porqueelaéassim: ela gosta de saber as novidades, é antenada e realmente se diverte quando está com suas amigas, porq tem uma cabeça tão moderninha quanto a delas.  > pesquisa < : " eu adoro receber as amigas da minha filha em casa, gosto de ficar com os jovens, me faz bem" conta Célia, mãe da Michaella, de 17 anos. Ela acompanha a filha em barzinhos e até em shows de rock! E garante que faz isso para não correr o risco de se afastar da Michaella. Tá aí uma coisa que pode ser que você nunca tenha reparado: a mãe amiga só assume  esse papel prq quer estar muito, muito próxima de você.
evocêcomisso: Em vez de ficar encasquetando com o que a incomoda, que tal curtir todas as vantagens de ter uma mãe assim, empolgada e gente boa! Aproveite para se divertir muito ao lado dela e , se for o caso, combine de fazer alguns progamas só com ela e outros só com as amigas. Outra coisa: como a conversa entre vocês é aberta, tente aprender com as experiências que sua mãe já teve, na adolescência dela, por exemplo. Peça conselhos e saiba escutar ''nao posso negar q minha mae tem razao de vez em quando ''principalmente quando implica com um amigo meu .Ela me mostra coisas q as vezes naquele momento nao consigo ver . Conta Mica filha de Celia .
Pra se dar bem : se a sua mae anda usando uma minissaia menor q a sua e isso a deixa meio contragida , ou se tantas tentativas de aprocimaçao estao fazendo vc se sentir sufocada . nao a nada de errado em contar pra ela oq te incomoda .mais fale com jeito sem deixa-la chateada . Se possivel comece o papo ressaltando as qualidades dela ,antes de dar o recado mais dolorido .Você me entende neh ??

Mãe durona
comoelaé :
calada e séria, não se comove nem um pingo com suas choradeiras e os ataques de rebeldia : quando diz não, é não! E diz muito mais "nãos" do que você gostaria. Além disso, se libera um passeio com a galera, quer saber tudo oque vai rolar, tim tim por timtim : quem vai , pra onde , fazer oque, a que horas voltam, blá-blá-blá .Não da muita abertura para conversas sobre ficadas, namoros e sexo.
porqueelaéassim:  >pesquisa< : a Eliana, mãe de Bianca, de 16 anos, é quem dá o toque: " Uma mãe nunca assume um comportamento desses à toa. Normalmente, ela está preocupada com a segurança e o bem-estar da filha. Só isso" explica. Ela mesma faiz jogo duro com sua filha Bianca. " Minha filha só sai se eu for levar e buscar e ainda tem hora para voltar pra casa. Namoro? Só com o consentimento da família, depois de conheçer o pai dela", avisa. Ela (a mãe) também monitora as conversas online da filha, no Orkut e no MSN, no twitter. E garante que faz isso por amoor ! [coitada de você Bianca, se tivesse uma mãe dessas pediria para que ela me amasse menos]
evocêcomisso? Comece vendo o lado bom da história: ainda que você aposte no contrário, a sua mãe é uma pessoa que realmente se importa muito com você e sua felicidade. Ou você acha que é gostoso para sua mãe ve-lá chorar e esperniar toda vez que ela vai contra sua vontade ? Pode crer que não ! Uma mãe durona é acima de tudo é, acima de tudo, uma mãe presente, dedicada, que se preocupa de verdade com a filha. Então, tente enxergar certas " marcações erradas"  dela como uma prova de carinho.. Vai ficar tudo mais facíl a partir daí.
parasedarbem: desista de chantagear, de bater a porta do quarto na cara dela e de chorar como uma criancinha de 5 anos pra tentar convence-la de que pre-ci-sa ir a festa daquela sua amiga . Oque funciona com esse tipo de mãe é mostrar o quanto você está madura . E assim que ela vai sentir firmeza para começar a confiar mais em você ,e aos poucos poderé até afrouxar as rígidas regras que estabeleceu .Então da próxima vez que quiser voltar tarde para casa, prepare um discurso cheio de bons argumentos, com atecedência, e com uma conversa calma e tranquila. E respeite o que ela diz (óbvio).Ouvindo antes de rebater. "Hoje em dia , resolvo tudo na conversa com a minha mãe. As vezes agente não concorda logo de cara. Mais cada uma vai para seu canto e pensa. E mais tarde conseguimos chegar a um meio termo" ensina Bianca , que aprendeu a respirar fundo antes de partir para a descução com a "mami" .''Eu sai ganhando.A pior coisa e querer tudo do seu jeito . Você tem que ser um pouco flexivel e tentar convencer a sua mae a abrir um pouco a guarda tbm .Assim vai ficando cada veiz mais facil negociar" . E tem mais : se a sua mãe deixou você chegar da balada as 2h, saia da balada no horário combinado, para nao melar os próximos passeios. Lembre-se sempre de que a sua liberdade virá na medida em que você demonstrar responsabilidade para lidar com ela.

Mãe que é pai :
comoelaé :
batalhadora, ela faz o possível e o impossível para que você não sinta falta do pai ausente. E isso a torna, às vezes, uma mãe um pouco mais estressada do que as outras. " Minha mãe é preocupada em dobro, briga em dobro comigo, em compensação, também me ama em dobro. É isso que eu sinto", conta a Laís, de 18 anos, filha da Dudu e que não vê o pai há pelomenos 2 anos. <pesquisa>.
porqueelaéassim: para uma mãe que precisa administrar sozinha, trabalho, casa e filhos, não há muita alternativa a não ser estabelecer regras para tudo e cuidar para que cada um faça um pouco. Então, que tal levar em concideração o tremendo esforço que ela faz para manter a vida de todo mundo em ordem, em vez de apenas criticar?
evocêcomisso? se você quer uma mãe mais presente, mais próxima e menos nervosinha, dê uma força para ela nas tarefas do dia a dia. É simples: lave uma louçinha básica, se ofereça para pagar uma conta no banco, estude sem ela mandar. Que é chato, isso é. Mas faz parte da vida. "Quando me separei, meus três filhos eram adolescentes e eu não trabalhava. A partir daí, fui obrigada a mudar radicalmente a minha vida e sofri muito. Mas a minha preocupação sempre foi a de passar um bom exemplo aos meus filhos, mesmo nas situações mais difíceis ", diz Dudu <pesquisa>. E parece que ela conseguiu: " Acho que toda filha que não tem o pai por perto deve valorizar o esforço da mãe, antes de reclamar de qualquer coisa", ensina Laís.
prasedarbem: tome iniciativa de se aproximar da sua mãe, proponha um cineminha para quebrar a rotina, mostre o quanto você é grata pelo carinho e dedicação que ela sempre teve por você. Nos momentos de conflito, invista na boa e velha conversa, em vez de discutir. "Eu aprendo muito com minha mãe e acho que ela tbm aprende comigo. Isso porque nós procuramos respeitar as diferenças uma das outras e, muitas vezes deixamos de lado as diferenças. Não vale a pena brigar toda hora , por qualquer ciosinha", ensina Laís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário